terça-feira, 15 de maio de 2012

Licor de Menta (Hortelã)






Conheça um pouco da Hortelâ:

Famosa por enfeitar pratos e dar um sabor extra à comida, a hortelã tem sempre um motivo para estar na geladeira: - Possui propriedades terapêuticas que dão à erva o status de planta medicinal, além das atribuições culinárias.
- A hortelã estimula o aparelho digestivo e tem também propriedades anestésicas. O chá combate dores de barriga e prisão de ventre
- A hortelã também pode servir para emplastros anestesiantes por conta do mentol, substância presente na erva que dá a sensação de refrescância. Folhas amassadas da erva podem ser colocadas em cima de picadas de inseto, por exemplo
- A hortelã é rica em vitaminas C e A, cálcio e ferro e ajuda a sintetizar o colágeno.
- A vitamina A faz bem para a pele, os cabelos e os ossos.
- O cálcio atua na formação de ossos e dentes, e o ferro faz bem para o sangue

Ingredientes:

300 g de açúcar refinado
250 ml de álcool para licor (90°)
15 g de folha de hortelã frescas e picadinhas
3 sementes de anis.


Modo de Fazer:

1 - Limpe e lave bem as folhas de hortelã e deixe escorrer.
2 - Tire os talos e coloque as folhas num vidro de boca larga com tampa.
3 - Adicione as sementes de anis e o álcool e feche bem o vidro.
4 - Coloque o vidro num local fresco e deixe macerar por 8 dias ou mais
5 - Agite o vidro uma ou mais vezes ao dia, para ajudar na mistura e fermentação
Calda:
6 - Coloque o açúcar numa panela com 2 xícaras de água.
7 - Leve em fogo brando e deixe ferver até formar uma calda grossa. (não precisa mexer)
8 - Retire a panela do fogo e deixe a calda esfriar.
Criando o Licor:
9 - Junte a calda com a hortelã macerada no álcool.
10- Deixe macerar por mais 1 ou 2 dias.
11- Coe em um coador de pano,
12- filtre com filtro de papel,
13- Engarrafe numa garrafa bonita e coloque uma etiqueta de identificação
14- Aguardar no mínimo 2 meses para apurar o sabor, antes de servir.


E está pronto para servir gelado ou ao natural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário